Grupo Santa Celina

Blog

Como a gestão de saúde auxilia na redução de custos

set 02 - 2019 0 comentários visualizações

No universo corporativo, a gestão de saúde tem se tornado uma nova parceira das empresas na otimização dos custos e aumento da produtividade. Mas esta estratégia ainda não é totalmente explorada por grande parte das companhias no país.

 

As empresas que oferecem o benefício de plano de saúde aos colaboradores, em sua grande maioria, não trabalham com indicadores de saúde. Com o olhar sem foco na gestão da saúde como um todo, seu sinistro acaba sendo diretamente afetado, fazendo com que os gastos com assistência médica superem investimentos como treinamento, representando, muitas vezes, o segundo maior custo fixo da empresa, atrás apenas da folha de pagamento.

 

Neste cenário, a promoção da saúde passa a ganhar mais espaço nas reuniões das equipes de Recursos Humanos e Financeiro. Afinal, é mais rentável investir em promoção da saúde e prevenção de doenças, pois além de reduzir custos, também proporciona aos colaboradores mais qualidade de vida e consequentemente alto rendimento dos times.

 

Para exemplificar como a gestão de saúde oferece diversos benefícios para a companhia, apresentamos o case de um dos clientes da GSC – Integradora de Saúde. Com apenas seis meses utilizando o programa Gestão de Saúde 360°, conseguimos uma redução de 23% na taxa mensal de internação de seus colaboradores, influenciando diretamente nos valores mensais de gastos com saúde.

 

O programa foi tão bem recebido, propagando saúde e bem-estar, que o engajamento dos colaboradores aumentou, marcando um NPS (Net Promoter Score), índice que mede a satisfação dos usuários, de 88 pontos, na zona de excelência.

 

Veja como funcionou o processo de implantação do Gestão Saúde 360°

 

No Gestão Saúde 360° o indivíduo fica no centro do cuidado. Organizamos e coordenamos os serviços e ações de saúde de forma integral para promover qualidade de vida para os usuários e redução de custos para a empresa.

 

O primeiro passo desse trabalho é mapear o perfil da população do cliente. No grupo de colaboradores do case citado, por exemplo, foram mapeadas 1.150 pessoas. Com idade média de 39 anos, apresentaram o perfil típico dessa faixa etária: sedentarismo, sobrepeso e estresse ocupacional. Por isso, o modelo de gestão de saúde desenhado buscou combater esses problemas, engajando o paciente no autocuidado.

 

Como a companhia já possuía um ambulatório próprio, a GSC passou a gerir diretamente no cliente, fazendo a gestão do cuidado, integrando toda a equipe de médicos de atenção primária e multidisciplinar. Por meio de uma plataforma de gestão, a jornada de cada paciente foi incluída em prontuários únicos que podiam ser acompanhados por toda a equipe de saúde.

 

O acolhimento de uma enfermeira da GSC junto ao paciente e seu engajamento no programa foram outros pontos de destaque no atingimento das metas. A enfermeira passou a acompanhar pacientes, enquanto a área de Recursos Humanos investiu em um plano de comunicação especialmente voltado para a conscientização do time em relação à saúde e à importância de sua adesão ao modelo que preza a atenção primária e a prevenção de doenças.

 

Em apenas seis meses, essas iniciativas promoveram uma redução de 23% na taxa mensal de internação dos colaboradores do cliente e de 43% no encaminhamento de pacientes para especialistas, o que denota maior adesão da população da empresa à atenção primária de saúde.

 

Para conhecer mais sobre o Gestão Saúde 360° e trazer esses benefícios também para sua empresa, entre em contato diretamente conosco pelo telefone (11) 5593-5312 ou pelo nosso serviço Fale Conosco

Faça o seu comentário

Após a publicação do seu comentário, ele será avaliado antes de aparecer no nosso site.